Methona themisto



Série Borboletas Brasileiras

Methona themisto

Família: Ninfalídeos

Particularidades: Chamada "Borboleta do manacá" devido a estar intimamente associada a essa planta.

Plantas Hospedeiras: Manacá.

Habitat: Mata Atlântica Brasileira.


Foto cortesia: http://www.wikipedia.org

5 comentários:

érika carneiro disse...

Olá! Em meu jardim tenho um manacá e, consequentemente, um monte de borboletas lindas! Essa época do ano, um monte de lagartas saem para procurar lugar seguro para se prenderem e se transformarem em casulo. Porém, quando os casulos estão escuros, algum bichinho fura a pele dele e parece que suga a borboleta. por mais que eu tente encontrar lugares ao meu ver mais seguros não estou conseguindo proteger todos. por favor, nos ajudem.
obrigada.
Érika Carneiro

matheus guizi disse...

Oie
Acho que ja faz um tempo que você fez esse comentario mas eu vou responder mesmo assim
A natureza estabelece relaçoes importantes de preda e caça para manter o equilibrio, se você salvar todas as borboletas, a população podera almentar consideravelmente com o tempo e por em risco a vida do seu manaca de cheiro. Com tudo, você pode ajudar algumas lagartas a se tornarem borboletas, sem se preocupar em salvat todas! Se for cuidar de uma lagarta, retire ela do manaca e transira para um recipiente (pode ser um pote de vidro ou plastico, nao muito pequeno) e garanta (!) Que a lagarta tera folhas frescas todos os dias, um pouco de terra no recipiente e um galho atravessado para que ela possa se fixar e tecer seu casulo. Ah! Tampe o recipiente com gaze! É importante a entrada de ar.
Se for cuidar de um casulo, espere para que ele se firme, no começo ele pode ser mais fragil, mas talvez depois de uns 4-5 dias ele esteja firme. Manuseie com as maos limpas, retire o casulo com muito cuidado, muito mesmo, ao invez de puxar e arrancar talvez seja uma boa utilizar alguma lamina para comper o ligamento do casulo com a parede (ou onde ele estiver fixado), o ligamento, uma pequena estenção preta no fim do casulo que o prende em algo vai ser util. Com uma linha, faça um laço em torno dessa extremidade e use a linha para pendurar em outro lugar, talvez um galho que você podera colocar em um recipiente. Mas lembre, a lagarta/pupa pode morrer de qualquer maneira, é normal
Mas esse processo não é necessario, realmente não é preciso salvar todas as lagartas

Vaneri de Oliveira disse...

Oi Matheus !
Foi muito bom encontrar seu post!
Já estou com 3 larvas no meu vidro, e tudo indo muito bem !!
No caso do casulo se formar "in vitro" , tem algum cuidado especial ao "nascer" a borboleta ? Ou devo coloca-la para fora assim que surgir ???

Muito grata !

Vaneri

matheus guizi disse...

Oie vaneri
A borboleta leva um tempinho para secar e esticar as asas, mas nada muito demorado, você pode soltar depois de 30/60 min, se isso ja não for muito. Ela pode não sair voando feliz da vida da sua mão, essa espécie apresenta tanatose (se finge dr morta) quando se sente ameaçada (quando tiramos ela do vidro ou pegamos na mão por exemplo), apenas coloque ela em algum lugar não muito aberto, talvez na própria folhagem do seu manacá, ou em qualquer cantinho q ela possa ficar pendurada, ela vai preferir ficar nessa posição, então é só basicamente drixar ela pendurada em algum lugar seguro até ela sair voando por si.
Ah, se ela sair a noite, drixa ela num cantinho calminho também, nenhuma borboleta costuma bater as asas a noite, ela provavelmente vai amanhecer aonde você deixou, mas dê preferencia para lugares fora dr casa.
E que bom que está dando certo!
(Só corrigindo, caso quiser cuidar de um casulinho que você encontrou em algum lugar, não precisa esperar 4 dias, o casulo se firma mais rapido, mas a remoção do casulo é bem perigosa, vale avisar, e é sempre triste comprometer a vidinha de uma borboletinha nesses casos, mas é normal e acontece)
E obrigado por cuidar desses nenens!
Até,

Matheus

matheus guizi disse...

Oie vaneri
A borboleta leva um tempinho para secar e esticar as asas, mas nada muito demorado, você pode soltar depois de 30/60 min, se isso ja não for muito. Ela pode não sair voando feliz da vida da sua mão, essa espécie apresenta tanatose (se finge dr morta) quando se sente ameaçada (quando tiramos ela do vidro ou pegamos na mão por exemplo), apenas coloque ela em algum lugar não muito aberto, talvez na própria folhagem do seu manacá, ou em qualquer cantinho q ela possa ficar pendurada, ela vai preferir ficar nessa posição, então é só basicamente drixar ela pendurada em algum lugar seguro até ela sair voando por si.
Ah, se ela sair a noite, drixa ela num cantinho calminho também, nenhuma borboleta costuma bater as asas a noite, ela provavelmente vai amanhecer aonde você deixou, mas dê preferencia para lugares fora dr casa.
E que bom que está dando certo!
(Só corrigindo, caso quiser cuidar de um casulinho que você encontrou em algum lugar, não precisa esperar 4 dias, o casulo se firma mais rapido, mas a remoção do casulo é bem perigosa, vale avisar, e é sempre triste comprometer a vidinha de uma borboletinha nesses casos, mas é normal e acontece)
E obrigado por cuidar desses nenens!
Até,

Matheus