Danaus plexippus erippus



Série Borboletas Brasileiras

Danaus plexippus erippus

Família: Ninfalídeos

Particularidades: É uma das Borboletas mais conhecidas, próxima da famosa "monarca americana". Voa geralmente baixo, pousando em pequenas flores para sugar o néctar.

Plantas Hospedeiras: Oficial-de-sala (Asclepias curassavica).

Habitat: Várias regiões do Brasil


Foto cortesia: Gabriela Ruellan

11 comentários:

Anônimo disse...

Essa espécie também é encontrada no Rio Grande do Sul!

Karen Eline disse...

é possível encontra-la no rj tbm???

Karen Eline disse...

É possível encontra-la no RJ?

Borboleta.org disse...

Boa noite, Karen Eline
Grato pela visita!

Sobre a sua pergunta, essa espécie é encontrada em várias regiões do Brasil, provávelmente ela também deve ser encontrada no Estado do Rio de Janeiro.
A lagarta se alimenta da planta asclépia ou oficial-de-sala (Asclepias curassavia), cuidado com essa planta ela é muito tóxica.
Acho que se você encontrar essa planta fica mais fácil de você encontrar a Danaus plexippus erippus.

Abraços.

Karen Eline disse...

hum... bom saber muito obrigada

Unknown disse...

OLá

Entrei no site pra ver se consigo descobrir que borboleta criei (?) e cuja larva apareceu numa mudinha de goiaba :)
Gostei muito do site!
Lendo o nome da planta que atrai a Monarca encontrei este blog de outra gaúcha, que achei interessante e compartilho.
http://olhareseleituras.blogspot.com.br/2011/09/saiba-como-atrair-borboletas-monarca.html

Unknown disse...

Gostei muito do site. Entrei pra ver se descubro a borboleta que criei (?)e que apareceu a larva na minha mudinha de goiaba.
Hoje ela voou. Creio que saiu da pupa durante a noite.
Fiz uma sequencia de fotos, iniciando com a festa que ela fez nas mudinhas de goiaba. Se fartou de tanto comer :)
Um dia saiu e se aconchegou numa outra plantinha.
Custei a entender que era a hora de virar casulo.
Achei muito estranho o feitio. Me pareceu meio deformado.
Pensei que não tinha dado conta do recado e, hoje, pra minha surpresa esta a moça no galho da planta!
Fiquei muito feliz!
Fora esta, chamada de Linda pelo meu neto, que acompanhou a evolução tenho outras 5. São de outro arbusto, mas estas conhecia mãe, porque, casualmente, filmei seu voo e pousos...
Ah! Encontrei este blog que vocês podem gostar :)
http://olhareseleituras.blogspot.com.br/2011/09/saiba-como-atrair-borboletas-monarca.html

Nádia Elizabeth

Claudenir disse...

Olá! Tenho como hobby criar Monarcas e em Santa Catarina encontrei uma Monarca diferente. As Monarcas comuns, na fase larval, tem 2 pares de "chifres" nas extremidades do corpo, mas as que encontrei tem 3 pares de "chifres" no corpo sendo o 3º par no meio do corpo.
Depois de desenvolvida tem a aparencia de uma monarca normal.
Poderiam me explicar a respeito dessa variação??
Claudenir

Borboleta.org disse...

Boa noite, Claudenir
Obrigado pela sua visita.
Parabéns pelo seu hobby!
Claudenir infelizmente não poderei ajudar você sobre a sua pergunta.
Esteja à vontade para divulgar a sua criação de Monarcas aqui em nosso blog.

Abraços

Anônimo disse...



Há muitos anos tenho essa borboleta em meus quintais.
Para se ter em casa essa borboleta simpática e incansável (Danaus plexippus, da família dos Ninfalídeos),
pode-se plantar alguns pés de "oficial-de-sala" (Asclepias curassavica),
planta comum em terrenos baldios úmidos,
e você logo terá visitas dessas borboletas, chamadas "borboleta-monarca").
A subespécie brasileira (Danaus plexippus erippus) aparentemente não forma esses aglomerados
(grupos migratórios da subespécie-tipo, Danaus plexippus plexippus),
mas é bastante comum por aqui, quase sempre esvoaçando perto da asclépias curassávica,
que não deve ser plantada onde existam crianças pequenas, por ser tóxica, apesar de muito ornamental.
Diversificando-se a vegetação do jardim ou quintal, diversas plantas poderão atrair e alimentar essas e outras borboletas.

Celso

Celso do Lago Paiva
celsodolago@hotmail.com
Instituto Pró-Endêmicas
http://br.groups.yahoo.com/group/proendemicas/

Borboleta.org disse...

Boa noite, Celso
Obrigado pela sua visita.
Muito obrigado pela sua contribuição!

Abraços